Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Águas do Mondego: o fantasma da Urgeiriça

O problema não é novo. Por várias vezes a comunicação social tem falado da qualidade da água de consumo no vale do Mondego.
 
Agora, parece que, de novo circula pela região a notícia ( ou boato ) de que a água do Mondego ( inclusivamente a que é captada na Barragem da Aguieira ) está contaminada com resíduos de urânio.
 
O alerta, na esperança de que se trate mesmo de um boato, é dado no Jornal Nova Esperança, de 31 de Dezembro,  em artigo assinado por Alfredo Fonseca.
 
Face à persistência destas notícias, infundadas ou não, deverão as autoridades apresentar publicamente um documento que dê conta do que se passa na realidade, de modo a informar sobre o que de facto foi feito nos últimos anos para resolver o problema deixado pelas minas da Urgeiriça, principal foco de toda esta suspeição.
 
È que, será de recordar o que em 2005 e 2006 circulou pelos jornais, entre outros o Correio da Manhã e na blogosfera em geral. Basta ir ao Google e pesquisar “ urgeiriça, água, urânio…) para termos uma ideia de que o problema existe. Com que fundamento?
 
Resposta precisa-se!
 
 
15 Maio 2005
Águas do Mondego “uranizadas”?
 
Segundo uma notícia do matutino português Correio da Manhã, de hoje, as belas águas do Mondego poderão estar contaminadas com resíduos de urânio proveniente das minas abandonadas, pondo em risco as populações que nele se abastecem.
 
 “Nas minas da Urgeiriça, onde a situação é mais preocupante, águas que podem conter matérias radioactivas são despejadas num riacho que vai ter ao Mondego, rio que abastece várias localidades, entre as quais Coimbra. Na cidade dos estudantes, as análises à qualidade da água, quando incluem parâmetros radiológicos, estão desactualizadas.”
“O “eixo do urânio”, entre Viseu e Guarda, abrange um filão onde se localizam 59 minas, todas elas inactivas hoje em dia. Durante mais de 90 anos – a última fechou em 1999 – foram explorados materiais radioactivos nessas minas. Amontoados de inertes, que resultaram do tratamento do urânio, continuam a ameaçar a zona envolvente, a poluir o ar e os lençóis freáticos, enquanto as chuvas transformaram as crateras das minas em autênticos lagos ácidos.”  
 
 
2006-12-09 Luís Oliveira
 
Urgeiriça - Lamas radioactivas nos rios
Temporal arrasta urânio das minas
 
As minas da Urgeiriça estão a ser alvo de um plano de requalificação ambiental
A qualidade da água da bacia hidrográfica do Rio Mondego – que abastece 160 mil pessoas – pode estar em risco devido ao escorrimento das lamas radioactivas das minas da Urgeiriça, em Nelas.
 
 Um problema que se arrasta desde que a exploração do minério foi suspensa, agravado desde Outubro devido à chuva intensa.
 
A Associação Ambiente nas Zonas Uraníferas (AZU) voltou ontem a alertar para os riscos decorrentes da lavagem das lamas da Barragem Velha da Urgeiriça e escoamento das águas ácidas do Poço de Santa Bárbara, em Canas de Senhorim. O presidente da organização, António Minhoto, considera que a recuperação ambiental, iniciada em Março, não está “a cumprir as regras de segurança fundamentais”, pelo que a saúde das populações e animais abastecidos pela água do Rio Mondego pode não estar garantida.
 
As preocupações da AZU – ainda maiores porque os trabalhos de requalificação em curso podem ser suspensos devido ao mau tempo – já foram transmitidas ao ministro do Ambiente e à Empresa de Desenvolvimento Mineiro (EDM).
 
Quando, em Maio de 2005, este problema foi levantado, Maria de Lurdes Cravo, da Quercus, alertou que a população de Coimbra “pode estar exposta a níveis de radioactividade que desconhece”. A empresa Águas de Coimbra garantiu que estavam dentro dos parâmetros de segurança.
 
MEDIDAS
 
EXPLORAÇÕES
 
Entre Viseu e Guarda localizam-se 59 minas inactivas. Durante 90 anos – a última fechou em 1999 – foram explorados materiais radioactivos. Amontoados de inertes, que resultaram do tratamento do urânio, continuam a ameaçar a Região Centro.
 
RECUPERAÇÃO
 
Urgeiriça-Nelas vista do espaço
As zonas perigosas de Canas de Senhorim estarão requalificadas até 2011/2013. A primeira fase é a selagem da Barragem Velha. As escorrências para o Rio Mondego podem afectar concelhos como Penacova, Coimbra, Montemor-o-Velho e Figueira da Foz.  ( Carlos Ferreira, Leiria )
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Reabilitação ambiental das áreas mineiras de urânio

 

O Secretário de Estado Adjunto, da Indústria e da Inovação apresentou o Programa de Recuperação Ambiental das Áreas Mineiras de Exploração de Urânio, na presença do Secretário de Estado do Ambiente e da Secretária de Estado Adjunta e da Saúde, por ocasião do lançamento do concurso público internacional da empreitada das Obras de Estabilização de Taludes, Selagem e Drenagem do Aterro de Rejeitado da Barragem Velha da Mina da Urgeiriça. A obra da Barragem Velha da Mina da Urgeiriça, orçada em 6,3 milhões de euros, a realizar em 2006/7, é considerada o projecto-chave para a recuperação ambiental do que foi o mais importante centro mineiro da exploração de urânio no País. A esta obra seguir-se-ão, na Urgeiriça, as da Barragem Nova e as da Zona Industrial e Envolvente

 

PORTAL DO GOVERNO:

2005-07-20

 
posted by penacovaonline às 00:19
link do post | comentar | favorito

Veja mais

Para ver mais registos deste blogue pode clicar no link dos meses anteriores ( ARQUIVO ) na barra lateral.

Ficha Técnica:

Webmaster : David Almeida Contacto: cyber.org@sapo.pt

Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Registos Recentes

Águas do Mondego: o fanta...

Etiquetas

actualidade

autarquicas09

blogosfera

bombeiros

desporto

feriado municipal

festitradições

frontal

futebol

igreja

karate

lampreia

lorvão

miro

nova esperança

penacova

penacova a mexer

politica

s. pedro de alva

travanca

todas as tags

Arquivo

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

pesquisar