Quarta-feira, 26 de Setembro de 2007

Bens Culturais da Paróquia de Oliveira do Mondego

 
 
“As memórias existentes certificam a grandeza de quem soube afirmar valores”
 
INVENTARIADA A PARÓQUIA DE OLIVEIRA DO MONDEGO
 
“ O passado dia 26 de Julho assinalou o termo da inventariação da paróquia de Oliveira do Mondego, com um total de 44 fichas e respectivas fotografias.
 
PIA DE ÁGUA BENTA TIPICAMENTE QUATROCENTISTA
 
A igreja matriz, apesar de ser modesta reedificação setecentista, parece suceder a uma obra manuelina ou de época anterior, atendendo às imagens do século XV e à pia de água benta, tipicamente quatrocentista, adornada em duas ordens de folhas encrespadas e de molduras.
 
EVIDÊNCIA DAS DEVOÇÕES AGRÁRIAS
 
Tendo Santa Marinha por titular, evidencia o destaque das recuadas tradições agro-pastoris, em contexto ambiental das devoções agrárias, próprias da ruralidade, vindas dos tempos da Antiguidade tardia, do desenvolvimento dois espaços rurais e do povoamento promovido pelas famílias embrenhadas onde os melhores locais de implantação beneficiaram da notável acção do campesinato que, devido à persistente dedicação de gentes laboriosas, trouxe à produção hortícola e cerealífera muitos dos terrenos até então ocupados por manchas florestais e densos matagais silvestres.
 
POVOAMENTO DISPERSO EM BUSCA DE MELHORES SOLOS
 
Nesse mesmo sentido se inscreve o frequente povoamento disperso, permitido pela promoção das actividades agrícolas e necessário para implementar a agricultura , tornando produtivas as zonas de maior aptidão, cujos solos asseguravam o investimento neles praticado, com vista ao sustento dos cultivadores e ao pagamento dos tributos acordados  com os senhorios, nobres ou eclesiásticos.
 
PROSPERIDADE E ACENTUADO ALARGAMENTO DA RIQUEZA
 
Por isso, as inúmeros agruras da vida, os multiplicados trabalhos diários, os padecimentos suportados durante gerações e, também, as colheitas retiradas aos diminutos campos, cada vez mais preparados para fornecerem os alimentos sazonais e para o ano inteiro, dimensionaram o aumento demográfico, alguma leve prosperidade e o acentuado alargamento da riqueza , a partir dos olivais, dos minguados vinhedos e das culturas cerealíferas, a par dos gados, da caça abundante e de certo pescado, capturado nas águas do vizinho Mondego.
 
VIVÊNCIA DA FÉ CRISTÃ  ATESTADA NAS VÁRIAS CAPELAS EXISTENTES
 
Hino de louvor à mais sublime dedicação dos povos, esta factualidade económica e social, atinente à génese e afirmação da sociedade agrária, merece pleno reconhecimento, homenagem singular veneração, pelo que fizeram os directos agentes em prol do bem comum, da cooperação no do desenvolvimento geral e da vivência da fé cristã, atestada nas varias capelas, erguidas nos lugares centrais e presenças inequívocas da pratica religiosa do aglomerado humano, honrando os padroeiros e celebrando os mistérios da Salvação.
 
DIGNIFICAÇÃO DO CULTO
 
Nelas aparece o testemunho concreto de uma identidade popular, de um característico mundo ambiental, de apreciáveis auxílios de pessoas abastadas, do notável empenho em adqurirem peças litúrgicas, escultóricas e outras, para dignificarem o culto, celebrarem sacramentos e recordarem os defuntos, manifestando a feliz comunhão dos Santos, em Cristo Senhor e no Seu Corpo Místico.
 
LEGADO TRANSMITIDO ÀS GERAÇÕES MAIS NOVAS
 
Se é certo que, por diversos motivos, nem todo esse património constituído chegou à
actualidade, as memórias existentes certificam a grandeza de quem soube afirmar valores, vivera nessa salutar consonância e, a muitos títulos, engrandecera a obra criadora de Deus, num legado transmitido às gerações mais novas, na continuidade perene das disposições iniciais, na unidade dos mesmos sentimentos e na detenção de quanto a todos beneficia como repetidamente se confirma.”
 Texto do Coordenador do Departamento de Bens Culturais da Diocese de Coimbra,  Pe Dr. José Eduardo R. Coutinho, publicado no " Correio de Coimbra" sob o título “Inventariada a Paróquia de Oliveira do Mondego”.
Subtítulos da nossa responsabilidade.
FOTOS DE VARELA PÉCURTO: Santa Marinha, séc. XV e Igreja Matriz.
posted by penacovaonline às 23:32
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De A. Luís a 8 de Outubro de 2007 às 12:26
Apresento e convido a visitar o "Penacova no Divã", um novo projecto da blogosfera de Penacova.

http://divapenacova.blogspot.com

Cumprimentos.
António Luís


Comentar post

Veja mais

Para ver mais registos deste blogue pode clicar no link dos meses anteriores ( ARQUIVO ) na barra lateral.

Ficha Técnica:

Webmaster : David Almeida Contacto: cyber.org@sapo.pt

Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Registos Recentes

Penacova Online continua ...

Penacova online regressa ...

Penacova Online regressa ...

...

Travanca: Dia da Freguesi...

Travanca do Mondego assin...

Soares Marques ( 1919-201...

Paulo Cunha: escritor pe...

Agenda 21 Local: um proje...

Feriado Municipal evocou ...

17 de Julho: Feriado Muni...

Concurso “Achas que sabes...

União de Chelo promove No...

Confraria da Lampreia de ...

Festas do Município arran...

Etiquetas

actualidade

autarquicas09

blogosfera

bombeiros

desporto

feriado municipal

festitradições

frontal

futebol

igreja

karate

lampreia

lorvão

miro

nova esperança

penacova

penacova a mexer

politica

s. pedro de alva

travanca

todas as tags

Arquivo

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

pesquisar