Quarta-feira, 26 de Setembro de 2007

Bens Culturais da Paróquia de Oliveira do Mondego

 
 
“As memórias existentes certificam a grandeza de quem soube afirmar valores”
 
INVENTARIADA A PARÓQUIA DE OLIVEIRA DO MONDEGO
 
“ O passado dia 26 de Julho assinalou o termo da inventariação da paróquia de Oliveira do Mondego, com um total de 44 fichas e respectivas fotografias.
 
PIA DE ÁGUA BENTA TIPICAMENTE QUATROCENTISTA
 
A igreja matriz, apesar de ser modesta reedificação setecentista, parece suceder a uma obra manuelina ou de época anterior, atendendo às imagens do século XV e à pia de água benta, tipicamente quatrocentista, adornada em duas ordens de folhas encrespadas e de molduras.
 
EVIDÊNCIA DAS DEVOÇÕES AGRÁRIAS
 
Tendo Santa Marinha por titular, evidencia o destaque das recuadas tradições agro-pastoris, em contexto ambiental das devoções agrárias, próprias da ruralidade, vindas dos tempos da Antiguidade tardia, do desenvolvimento dois espaços rurais e do povoamento promovido pelas famílias embrenhadas onde os melhores locais de implantação beneficiaram da notável acção do campesinato que, devido à persistente dedicação de gentes laboriosas, trouxe à produção hortícola e cerealífera muitos dos terrenos até então ocupados por manchas florestais e densos matagais silvestres.
 
POVOAMENTO DISPERSO EM BUSCA DE MELHORES SOLOS
 
Nesse mesmo sentido se inscreve o frequente povoamento disperso, permitido pela promoção das actividades agrícolas e necessário para implementar a agricultura , tornando produtivas as zonas de maior aptidão, cujos solos asseguravam o investimento neles praticado, com vista ao sustento dos cultivadores e ao pagamento dos tributos acordados  com os senhorios, nobres ou eclesiásticos.
 
PROSPERIDADE E ACENTUADO ALARGAMENTO DA RIQUEZA
 
Por isso, as inúmeros agruras da vida, os multiplicados trabalhos diários, os padecimentos suportados durante gerações e, também, as colheitas retiradas aos diminutos campos, cada vez mais preparados para fornecerem os alimentos sazonais e para o ano inteiro, dimensionaram o aumento demográfico, alguma leve prosperidade e o acentuado alargamento da riqueza , a partir dos olivais, dos minguados vinhedos e das culturas cerealíferas, a par dos gados, da caça abundante e de certo pescado, capturado nas águas do vizinho Mondego.
 
VIVÊNCIA DA FÉ CRISTÃ  ATESTADA NAS VÁRIAS CAPELAS EXISTENTES
 
Hino de louvor à mais sublime dedicação dos povos, esta factualidade económica e social, atinente à génese e afirmação da sociedade agrária, merece pleno reconhecimento, homenagem singular veneração, pelo que fizeram os directos agentes em prol do bem comum, da cooperação no do desenvolvimento geral e da vivência da fé cristã, atestada nas varias capelas, erguidas nos lugares centrais e presenças inequívocas da pratica religiosa do aglomerado humano, honrando os padroeiros e celebrando os mistérios da Salvação.
 
DIGNIFICAÇÃO DO CULTO
 
Nelas aparece o testemunho concreto de uma identidade popular, de um característico mundo ambiental, de apreciáveis auxílios de pessoas abastadas, do notável empenho em adqurirem peças litúrgicas, escultóricas e outras, para dignificarem o culto, celebrarem sacramentos e recordarem os defuntos, manifestando a feliz comunhão dos Santos, em Cristo Senhor e no Seu Corpo Místico.
 
LEGADO TRANSMITIDO ÀS GERAÇÕES MAIS NOVAS
 
Se é certo que, por diversos motivos, nem todo esse património constituído chegou à
actualidade, as memórias existentes certificam a grandeza de quem soube afirmar valores, vivera nessa salutar consonância e, a muitos títulos, engrandecera a obra criadora de Deus, num legado transmitido às gerações mais novas, na continuidade perene das disposições iniciais, na unidade dos mesmos sentimentos e na detenção de quanto a todos beneficia como repetidamente se confirma.”
 Texto do Coordenador do Departamento de Bens Culturais da Diocese de Coimbra,  Pe Dr. José Eduardo R. Coutinho, publicado no " Correio de Coimbra" sob o título “Inventariada a Paróquia de Oliveira do Mondego”.
Subtítulos da nossa responsabilidade.
FOTOS DE VARELA PÉCURTO: Santa Marinha, séc. XV e Igreja Matriz.
posted by penacovaonline às 23:32
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 14 de Setembro de 2007

Escutismo no concelho de Penacova

Agrupamento de Figueira de Lorvão

O Agrupamento de Escuteiros de Figueira de Lorvão existe oficialmente desde o dia 1 de Março de 2004 (conforme atesta a Ordem de Serviço Regional 01/2004 de 31 de Março de 2004). No entanto os primeiros passos para a sua formação datam de Outubro de 2003. A ideia nasceu de quatro Escuteiros de Coimbra (três do Agrupamento 347 - S. Jorge e um do Agrupamento 109 - Sto. António dos Olivais) que formaram o primeiro núcleo de trabalho e aos quais se juntou mais tarde um quinto elemento vindo do 347 - S. Jorge. O grupo fundador foi o seguinte: Tiago Cruz; Rita Simões; Pedro Oliveira; Tiago Dias; Sandra Leal;

Desde o início que tivemos todo o apoio do pároco de Figueira de Lorvão, que hoje é o nosso Assistente de Agrupamento, Pe. Cândido Costa. O primeiro passo foi criar um grupo experimental. Este grupo era constituído por 13 elementos jovens (entre os 16 e os 21 anos) e serviu como rampa de lançamento para a formação do Agrupamento. Reunia-se na Granja de Figueira de Lorvão, aos Domingos à tarde e nessas reuniões foi-lhes dada alguma informação teórica sobre o Escutismo, mas também alguma prática da vivência Escutista já que funcionou quase como uma Secção de Escuteiros. Com este grupo realizou-se a primeira experiência de campo. Em 7, 8 e 9 de Novembro de 2003 realizou-se um acantonamento experimental numa Casa dos Cantoneiros da Serra da Lousã perto de Castanheira de Pêra.

Em Dezembro desse ano a Junta Regional de Coimbra tomou conhecimento da intenção de formação do nosso Agrupamento. Em Janeiro de 2004 foi por fim entregue o pedido formal do estatuto de Agrupamento em Iniciação na Junta Regional de Coimbra. Entretanto foi decidido que avançaríamos para a criação de um grupo aberto a todos os interessados, que funcionasse o mais próximo possível de um Agrupamento de Escuteiros. Para nos auxiliar nesta tarefa contámos também com o apoio do Agrupamento 109 - Sto. António dos Olivais que é o nosso "Agrupamento Padrinho".

Assim, no dia 16 de Janeiro de 2004 foi realizada uma reunião para toda a comunidade no Salão de Figueira de Lorvão. Nessa reunião estiveram presentes os Escuteiros Fundadores e o Pe. Cândido, tendo apresentado o projecto a cerca de cinquenta pessoas e ainda esclarecido algumas dúvidas. As actividades deste grupo começaram no dia 24 de Janeiro de 2004.

A 6 de Março de 2004, numa reunião com a Junta Regional de Coimbra oficializámos a nossa existência enquanto Agrupamento em Iniciação.

Daí para cá houve alguns marcos importantes na nossa história enquanto Agrupamento. Em Abril de 2004 realizou-se o primeiro Acantonamento com a I e II Secções (as únicas que existiam na altura). Decorreu na Senhora da Piedade de Tábuas, em Miranda do Corvo. Em Julho desse ano foi escolhido em Conselho de Agrupamento, o nosso Patrono: Sto. Inácio de Loiola. Também nesse mês realizou-se o nosso primeiro Acampamento de Agrupamento em Pinheiro de Ázere (Barragem da Aguieira).

A 18 de Setembro de 2004 realizaram-se as primeiras Passagens de Secção. E a 12 de Dezembro desse ano tem lugar a primeira Cerimónia de Promessas/Investiduras. Nesse dia o nosso Agrupamento deixou de ter o estatuto de Agrupamento em Iniciação e passou a ser um Agrupamento em Formação.

Em Agosto de 2005 a I e II Secções marcam presença no V Jamboree das Beiras / XI Acampamento Regional de Coimbra. Esta foi a primeira vez que o Agrupamento participou numa actividade Regional. Já no início do ano Escutista de 2005/2006, foi criada a III Secção para a qual foi escolhido como Patrono, S. João de Brito.

Mais recentemente, a 17 de Março de 2007, foi encerrada a I Secção, dado o reduzido número de elementos na Chefia do Agrupamento. Apesar desta situação espera-se que em breve possamos voltar a ter Lobitos presentes nas nossas actividades.

A 29 de Julho de 2007, o Agrupamento associou-se às comemorações do Centenário do Escutismo. Primeiro, através de uma cerimónia simples realizada na Eucaristia Dominical, em Figueira de Lorvão, onde cada elemento e cada antigo escuteiro renovou a sua Promessa Escutista. Depois, após a Renovação das Promessas demos início ao nosso 4º Acampamento de Agrupamento, realizado em Quiaios, e que foi o ponto alto das comemorações do Centenário do Escutismo, no nosso Agrupamento. Nesta actividade (a mais participada até aqui) promovemos, no dia 1 de Agosto de 2007, uma actividade para antigos escuteiros, pais, familiares e amigos que foi um verdadeiro sucesso.

Actualmente o Agrupamento conta com 39 elementos repartidos por duas Secções (Exploradores e Pioneiros), pelas Equipas de Animação e pela Direcção do Agrupamento.

 

Para mais informação, clique

http://www.agrfigueiradelorvao.cne-escutismo.pt/homepage_2_1.htm

 

 

 

Agrupamento de Penacova

 

 

 

                
http://escuteirosdepenacova.blogspot.com/
                     

Foto ao lado: Ch.Agr. Zé Henrique, Ch.Adj.IV Secção Francisco Costa, Sec. Fernando Oliveira, Cam. João Alves, Cam.Simão e Cam.Francisco Ferreira

 

O Agrupamento de Penacova dispõe de um blogue muito interessante com actualizações frequentes. Dado que tem uma estrutura diferente da página de Figueira de Lorvão, não nos foi tão fácil traçar um historial da formação do grupo. Por isso, recomendamos vivamente a consulta do referido blogue.

 

 

 

 

posted by penacovaonline às 23:09
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

RTV Lauribano: convite

Convidamos todos aqueles que gostam de Folclore para, no próximo
domingo, dia 16,  às 21:30h de Lorvão para todo o mundo, assistirem
nos vossos computadores, à primeira emissão experimental da RTV
Lauribano. O Folclore Português, vai ficar mais rico e mais perto de todos
aqueles que o preservam e o divulgam.
Para visualizar a emissão, entrar em www.lauribano.com
Sugerimos para um primeiro contacto com o canal o seguinte link:
http://www.youtube.com/profile?user=RTVLauribano
Esperamos por si
Cumprimentos

Sérgio da Fonseca (Coordenador do Projecto Lauribano.com)


posted by penacovaonline às 22:57
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 12 de Setembro de 2007

Penacova no Sapo

O Portal Sapo dispõe de um serviço que disponibiliza informação de carácter local.

Na página de Penacova, encontramos notícias do concelho e da região, meteorologia, vídeos, galeria de fotos, eventos culturais, pedidos e ofertas de emprego, anúncios de venda de automóveis usados e outros links de interesse. Recomendamos!

http://noticias.sapo.pt/local/penacova

 

 

Etiquetas: ,
posted by penacovaonline às 21:52
link do post | comentar | favorito

Pavilhão Polivalente da União de Chelo

O distrito de Coimbra foi contemplado com cerca de 500 mil euros pela Secretaria de Estado da Administração Local. A lista de projectos aprovados integra a construção do pavilhão polivalente da União Popular e Cultural de Chelo (Penacova), a remodelação da sede da Casa do Povo de Arganil, a ampliação da sede da Liga dos Amigos de Mestras (Góis), a reparação do pavilhão do Bairro dos Carvalhos (Lousã), e o restauro do Centro Difusor de Artesanato (Vila Nova de Poiares).A construção da Capela de Vale de Canas, em Coimbra, assim como os restauros da Igreja Paroquial de Brenha (Figueira da Foz), da Igreja Paroquial de Mira, da Igreja Paroquial de Alvôco de Várzeas (Oliveira do Hospital) e da Capela de Nossa Senhora da Conceição (Pampilhosa da Serra) foram os restantes projectos seleccionados.
Etiquetas: ,
posted by penacovaonline às 21:18
link do post | comentar | favorito

Grupo Etnográfico de Lorvão na Imprensa Local

Entrevista a Sérgio da Fonseca, ao Jornal Nova Esperança

RádioTV Lauribano a partir de 15 de Setembro
 
Sérgio Fonseca, 43 anos, lorvanense. Vida dedicada à música, ao folclore, à etnografia. Grupo Etnográfico de Lorvão, Festitradições, Rádio Lauribano e agora a TV online, são alguns dos projectos a que se vem dedicando, no sentindo de preservar e divulgar a Cultura Tradicional. Por vocação, por gosto, mas também com um grande sentido de missão, como revela ao Nova Esperança.
 
Nova Esperança:  Depois da Rádio Lauribano, teremos , a partir de 15 de Setembro,  a TV Lauribano Online. Em que consistem estes dois projectos?
           
Sérgio Fonseca: O objectivo geral destes dois projectos - dois em um - a partir de Setembro,  é divulgar,  em termos de áudio e imagem,  o Folclore Português. Folclore, na essência do seu significado. Folclore que é divulgado e apresentado com autenticidade por mais de 1500 grupos, em todo o Portugal Continental e Ilhas, mas que por parte dos média, televisão e rádio,  não tem o impacto que o Folclore merece. Ora,  o Folclore necessita deste “ mecanismo”.
A Rádio Lauribano Online divulga musica folclórica e de raiz tradicional 24 horas por dia com programação em piloto automático e com alguns programas em directo, como é o caso do “Musicalidades” e o “Lado a Lado”. Dois programas que têm gerado uma óptima interacção com os ouvintes, em directo, pelo telefone. A Lauribano  é ouvida em simultâneo por cerca de 450 ouvintes em todo o Mundo (www.lauribano.com) .
A emissão de imagem a partir de 15 de Setembro é o “ casamento perfeito” para o arranque de um canal regional temático de Rádio e Televisão, com a denominação de RádioTV Lauribano Online. Todo este projecto tem a cobertura do Grupo Etnográfico de Lorvão, com a minha coordenação, orientação e também participação.
 
Nova Esperança:   Como se chegou aqui?
 
Sérgio Fonseca: Com uma ligação à Internet, via ADSL, e com um ou dois computadores, um para produzir a emissão e outro para colocar online . Tudo isto com uma linha de streaming, transmissão de dados de áudio. Além da técnica, claro, chega-se aqui, gostando muito de fazer rádio, com muita dedicação e trabalho.
 
Nova Esperança: O GEL constitui uma referência inquestionável no panorama cultural do nosso concelho. Gostávamos de conhecer um pouco melhor o passado e o presente do grupo.
 
Sérgio Fonseca: O Grupo Etnográfico de Lorvão foi fundado em Março de 1988, com o objectivo de preservar, divulgar e apresentar o património cultural tradicional gerado à sombra do mosteiro de Lorvão. Já participou em festivais nacionais e internacionais: FIFA-COFIT Açores, Tenerife, Canárias, Suíça, Grécia, Marrocos e Brasil. Participou também em programas televisivos em Portugal (TVI, SIC, RTP, RTPInternacional  e RTP Memória), no Brasil (Canal Recorde e Globo) e em Espanha (TVE e TV Canárias). Apresenta trajes dos finais de séc. XVIII e do final de séc. XIX. Uma das prioridades de preservação deste grupo é a arte de fazer palitos. Foi o mentor, na pessoa do seu presidente,e é Co- organizador do “Festitradições de Povos do Mundo”, Festival Internacional de Folclore e Artes Tradicionais.É membro da Federação do Folclore Português, INATEL, AFERM, FAFIF, IOV, CID, CIOFF e BALCANFOLK. Em Maio de 2004, criou o Grupo de Cantares “Mulheres de Lorvão”. Também Maio de 2006 fundou a Rádio Lauribano. Desde 1998 que realiza O Encontro de Cantares do Ciclo Natalício, tendo nos últimos 5 anos passado a ser Encontro Ibérico graças à participação de um Grupo de Espanha.
 
 
Nova Esperança: O Festitradições já faz parte da agenda cultural do mês de Julho no concelho de Penacova. Qual o balanço da edição deste ano?
 
Sérgio Fonseca: A edição deste ano teve a participação de grupos com uma qualidade inegável, vindos da França, Chile, Perú, Espanha. Letónia e Eslováquia. Cada ano que passa é pretensão da Equipa,  melhorar a organização do evento nas várias componentes: logística, alojamento, artística e promocional. Temos consciência que de ano para ano se vão notando essas melhorias de modo a que esta iniciativa seja aquilo que efectivamente se propôs: promover a Paz através das Culturas do Mundo e ao mesmo tempo lançar o Concelho de Penacova nos melhores roteiros dos Festivais Internacionais de Folclore do CIOFF, (Comité Internacional Organizador de Festivais Internacionais de Folclore), certificação que ocorreu  em 2002, em Bangkok. No fundo, promover Penacova através dos seus potenciais, turístico, histórico, social e cultural.
 
Nova Esperança: Enquanto Director Artístico, que apreciação faz das parcerias (Autarquias, Grupos, outras) que permitem pôr de pé este importante evento?
 
Sérgio Fonseca: Sem a Parceria com a Câmara de Penacova a realização deste evento não seria possível porque quase todo o custo global do mesmo é suportado pelo Município. Quanto aos grupos, Etnográfico de Lorvão, Rancho Folclórico de Penacova e Paliteiras de Chelo, existe toda uma interacção e partilha de ideias que faz com que se consigam vencer muitos bairrismos em tempos bastante acentuados, mas que hoje com todo este processo e outros, se vão esbatendo. Gostaria também de destacar a grande importância de outra parceria, a do Agrupamento Vertical de Escolas de Penacova, cedendo durante cerca de 15 dias os espaços, blocos, cozinha e refeitório para a instalação  dos grupos internacionais.
           
Nova Esperança: Na sua opinião, como vê a etnografia e o folclore no nosso concelho?
 
Sérgio Fonseca: Como pessoa com responsabilidades nesta área, vejo a etnografia e o folclore com algumas linhas de preocupação, ou seja, ainda mal tratados. Nem toda a gente tem a mesma sensibilidade para este trabalho. Este tema tem que ser tratado e apresentado pelos agentes que o divulgam, os grupos de Folclore, com conhecimento e trabalho de investigação. O aspecto lúdico não pode ficar descurado, mas estou certo e convicto que o Concelho de Penacova tem grandes embaixadores nesta área.
 
Nova Esperança: Lorvanense dedicado, como se sente enquanto animador sócio-cultural ao longo de muitos anos em favor das gentes de Lorvão e do concelho de Penacova? Que futuro vislumbra para a cultura tradicional no nosso país?
 
Sérgio Fonseca: Sinto-me a cumprir uma missão e a dar o meu melhor por esta causa, a da Cultura Tradicional de Lorvão e do Concelho de Penacova que é tão rica mas por vezes é tão mal tratada e explorada.
 
A cultura tradicional de Portugal está a ser estudada e divulgada por milhares de pessoas (cerca de dez mil).  No entanto, o Ministério que tutela a Cultura, só vê a cultura erudita, nomeadamente a música, o teatro e o cinema, deixando por terra a Cultura Tradicional, por vezes entendida como coisa menor e de somenos importância, enquanto que nos restantes países da comunidade europeia e do mundo a Cultura Tradicional é vista com outros olhos  e apoiada pelos Ministérios que as tutelam. Assim, se nada se alterar, o futuro desta cultura que preservamos e que nos identifica como Portugueses em qualquer parte do Mundo, vai continuar a ser pouco valorizada por aqueles que detêm o poder e que, infelizmente, só se lembram “dela” em determinadas alturas como por exemplo em época de eleições.
 
 Entrevista de David Almeida
 
OBS: neste espaço constava o perfil do entrevistado mas dada a polémica existente sobre o assunto resolvemos retirar. Afirmamos que nada temos a ver com o caso e reafirmamos, pelo que conhecemos há uns bons anos,  o valor do trabalho do Sérgio Fonseca a nivel de etnografia e folclore. Foi de boa fé que divulgámos aqui a entrevista. E já agora...há tribunais, para os lesados se fazerem ouvir! E os autores dos comentários que se identifiquem devidamente e que procurem outro areópago para esta polémica, pois nem este blogue, nem o NE, cremos,  têm vocação para estes casos. Há canais próprios... Espero que todos compreendam e pedimos desculpa aos leitores.
 
 
 
 
posted by penacovaonline às 20:58
link do post | comentar | favorito

Encerraram mais Escolas do 1º Ciclo

 

Segundo notícia do Jornal Nova Esperança, as freguesias de S.Paio e Oliveira viram este ano  fechadas todas as suas escolas do 1º ciclo que ainda restavam em funcionamento. Na área do Agrupamento de Escolas de S. Pedro de Alva, apenas Travanca do Mondego mantém aberta a sua escola, com 14 alunos, dos quais, 6 são provenientes de Oliveira do Mondego. No Agrupamento de Penacova, encerraram as escolas de Contenças, Telhado, Mata do Maxial e Granja.
 
Vários são os motivos desta situação, refere o artigo do jornal:
            -decréscimo da população no concelho
            -desertificação das aldeias
            -matrícula das crianças, mais em função do local trabalho dos pais, do que propriamente do local de residência
            - política governamental de constituição de agrupamentos e de centros escolares.
 
posted by penacovaonline às 20:51
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 5 de Setembro de 2007

Vídeo promocional RTV Lauribano


III  e último vídeo promocional da
RTV Lauribano Online
A partir de 17 de Setembro:

transmissão de sinal e de imagens experimentais.

posted by penacovaonline às 22:34
link do post | comentar | favorito

Investimento em abastecimento de água e saneamento

(...) Das três obras de abastecimento e das duas de saneamento que a Águas do Mondego está a promover no distrito de Coimbra resulta um investimento na ordem dos 23,5 milhões de euros.

A fatia de 11 milhões de euros vai para a execução do subsistema de abastecimento de água dos concelhos de Penacova e Vila Nova de Poiares. A empreitada, que deve estar concluída num prazo de 540 dias, a contar da data de consignação, inclui a ampliação das captações, a concepção e execução da estação de tratamento de água e estações elevatórias assim como do sistema adutor.

(…)

05-09-2007 19:32 http://www.ambienteonline.pt/noticias/detalhes.php?id=5520    

 

 

posted by penacovaonline às 22:27
link do post | comentar | favorito
Sábado, 1 de Setembro de 2007

Penacova vista do espaço

 

Clique na  ligação e depois, utilizando os comandos

do mapa pode fazer zoom

sobre uma determinada localidade...

 

Clique >>>> http://www.maplandia.com/portugal/centro/baixo-mondego/penacova/

posted by penacovaonline às 23:49
link do post | comentar | favorito

Vídeos Amadores no YouTube sobre Penacova II

 

No dia 1 de Julho, o Mosteiro de Lorvão foi  palco  de  um Concerto pela Orquestra Clássica do Centro e o tenor Carlos Guilherme.

Aqui fica o apontamento videográfico do evento:

 

You Tube >>> Added:  July 02, 2007 From:  luismano 

Etiquetas: ,
posted by penacovaonline às 17:02
link do post | comentar | favorito

Veja mais

Para ver mais registos deste blogue pode clicar no link dos meses anteriores ( ARQUIVO ) na barra lateral.

Ficha Técnica:

Webmaster : David Almeida Contacto: cyber.org@sapo.pt

Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Registos Recentes

Penacova Online continua ...

Penacova online regressa ...

Penacova Online regressa ...

...

Travanca: Dia da Freguesi...

Travanca do Mondego assin...

Soares Marques ( 1919-201...

Paulo Cunha: escritor pe...

Agenda 21 Local: um proje...

Feriado Municipal evocou ...

17 de Julho: Feriado Muni...

Concurso “Achas que sabes...

União de Chelo promove No...

Confraria da Lampreia de ...

Festas do Município arran...

Etiquetas

actualidade

autarquicas09

blogosfera

bombeiros

desporto

feriado municipal

festitradições

frontal

futebol

igreja

karate

lampreia

lorvão

miro

nova esperança

penacova

penacova a mexer

politica

s. pedro de alva

travanca

todas as tags

Arquivo

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

pesquisar